PARTICIPA! ENVIA AS TUAS DENÚNCIAS PARA porto@pctpmrpp.org
Sábado, 5 de Janeiro de 2008

A única garantia

Três trabalhadores da Trofáguas, após mais de dois anos de espera, viram finalmente os seus direitos reconhecidos em tribunal. Tinham sido suspensos por um mês sem vencimento por se terem recusado a assinar um novo contrato de trabalho a termo certo, quando o anterior era sem termo, e ainda com perda de retribuição e antiguidade. Tudo isto se passou numa empresa que é municipal, mas a administração da mesma e o vereador responsável que nem as leis, que os partidos a que pertencem aprovam, respeitam, sofreram quaisquer consequências. Estão-lhes a ser dados sinais: podem continuar a praticar todo o tipo arbitrariedades contra os trabalhadores que, alguma vez, hão-de conseguir alcançar os intentos. Por isso preparemo-nos! Se a luta judicial, por vezes e como é o caso, pode trazer algum resultado positivo e por isso não pode ser desprezada, a verdade é que, cada vez mais, a única garantia para os trabalhadores de não serem espizinhados está na luta política.

publicado por portopctp às 23:50
link do post | comentar | favorito

.ligações

.posts recentes

. A única garantia

.Maio 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.pesquisar

 

.mais sobre mim

.assuntos

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds