PARTICIPA! ENVIA AS TUAS DENÚNCIAS PARA porto@pctpmrpp.org
Sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2008

A paciência esgota-se

A paciência esgota-se. Já passou mais de um ano sobre a promessa solene, feita pelo ministro da defesa na sequência do trágico acidente da "Luz do Sameiro", de que todos os problemas de prestação de socorros a naufragos iriam ser resolvidos, mas até agora nada. Nem o sindicato recebeu, apesar de insistentes pedidos. E o problema não é de hoje nem de ontem, tem mais de vinte anos e é de fácil resolução: os náufragos estão a ser salvos por contínuos e auxiliares (assim é a classificação do pessoal do ISN), não por verdadeiros marinheiros. E é de acordo com essa classificação que são pagos. Injustiça e desmazelo dos governantes é o que é. Restam-lhes as horas extraordinárias, que lhes saem a mais do corpo, pois não existe sequer pessoal suficiente para fazer o horário normal. Faltam metade e por isso muitas vezes os barcos partem com metade da tripulação necessária, tornando insegura a vida de quem providencia a última instância da segurança dos outros. Quanto ao equipamento, o mesmo desmazelo. Por isso os trabalhadores do ISN iniciam hoje greve de zelo: por si e pelos que precisem de ser salvos no mar. Nem os barcos partirão sem que a tripulação completa, nem o pessoal fará horas extraordinárias.  E os pescadores agradecem, embora saibam o risco acrescido com que vão para o mar.

publicado por portopctp às 07:10
link do post | comentar | favorito

.ligações

.posts recentes

. A paciência esgota-se

.Maio 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.pesquisar

 

.mais sobre mim

.assuntos

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds