PARTICIPA! ENVIA AS TUAS DENÚNCIAS PARA porto@pctpmrpp.org
Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2009

Contra as portagens no IC1 e na A41!

Depois de passado mais um período eleitoral, o país depara-se novamente com os seus verdadeiros problemas, o desemprego, os baixos salários, sistemas de saúde e de educação decrépitos e todos os outros aspectos que conhecemos que não são dignos de uma sociedade dita democrática e de século XXI.

No litoral Norte está para breve mais uma artimanha há muito perpetrada por este bando que nos governa: a cobrança de portagens no IC1, recente e oportunistamente rebaptizado em A28 ao Norte do Douro e em A29 a Sul do mesmo rio, e na A41. Para além de corresponder à quebra de uma promessa eleitoral de 2005, os concelhos abrangidos, nem sequer atingem o nível de desenvolvimento económico que o Governo disse ser um dos critérios para a colocação de portagens. E estas vias são diariamente utilizadas por milhares de pessoas que não dispõem de alternativas credíveis e exequíveis. São esses milhares de pessoas que, caso o querer actual do Governo vingue, passarão, dentro em breve, a pagar portagem por um trajecto que utilizam diariamente para irem para os seus trabalhos.
Perante esta situação podemos afirmar que esses milhares de pessoas vão passar a pagar para ir trabalhar. Será esta uma medida para fomentar o emprego? Não nos parece. Será, por seu turno, uma medida para melhorar a mobilidade de pessoas e bens? Também não cremos. Será uma forma de aumentar e fomentar a segurança rodoviária? Um incentivo ao turismo? À vida fora das grandes concentrações urbanas? As perguntas, retóricas ou não, poderiam estender-se quase até ao infinito.
Mas, por muito boa fé que tenhamos e por muito boas que sejam as nossas capacidades de compreensão, acabamos por perceber que esta é uma outra forma (mas não nova nem original) de penalizar os utilizadores e de taxar um bem já pago por outra via. Aliás, há que dizê-lo, habitantes dos municípios do Porto, da Maia, de Matosinhos, de Vila do Conde, de Santo Tirso, de Paredes, da Póvoa de Varzim e de Vila Nova de Gaia, já pagam em duplicado: uma vez através dos impostos normais e a outra, desde há 10 anos e ainda por mais 10, através de uma Contribuição Especial (Decreto-Lei n.º 43/98 de 3 de Março) criada em virtude dos “benefícios” obtidos pela construção de, entre outras obras, estas estradas (na altura, o troço até à Póvoa de Varzim do que hoje chamam A28 era considerado um acesso à CREP pois só assim se entende a abrangência). Claro que, quando foi criada essa contribuição, o “benefício” provinha de se poder utilizar essas estradas sem custos adicionais. Será que, agora, querendo cobrar portagens, se propõem devolver o que cobraram em Contribuição Especial? Sobre isso, nem um pio, o que impõe a pergunta: será que os senhores governantes também pagam os seus faustosos almoços três vezes?
Nas circunstâncias presentes, em que não há transportes públicos de passageiros nem ferroviário de mercadorias capazes, a única posição possível é estar contra a implantação das novas portagens. Vamos pôr fim a mais este embuste, não podemos deixar que este roubo se torne real.
 
CONTRA AS NOVAS PORTAGENS!
APOIO ÀS INICIATIVAS ANTI-PORTAGENS!
BOICOTE AOS CHIPS NOS CARROS!
 
 
21 de Dezembro de 2009
Org. Reg. do Norte do PCTP/MRPP
publicado por portopctp às 00:16
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.ligações

.posts recentes

. Viva o 1.º de Maio!

. Aos jovens

. Soares da Costa, ousar lu...

. Mulheres: uma metade do m...

. INÉRCIA - Palavra-chave t...

. Honra aos camaradas Ribei...

. 18 de Setembro de 1970

. Prosegur - a luta de clas...

. Casino da Póvoa de Varzim...

. Agrupamento de Escolas de...

. Bairros do IHRU de Guimar...

. STCP – Eutanásia empresar...

. Valadares - épreciso ganh...

. Transportes: resistência ...

. Não ao isolamento de Vila...

. A habitual falta de vergo...

. O desejo que tudo se esqu...

. A greve geral é parte ínt...

. SINDICALIZA-TE

. Carta aberta ao president...

. Casa do Povo de Recarei (...

. A demolição da escola pri...

. A novela das portagens da...

. Contra o pagamento de por...

. Vila d'Este - autarquias ...

. A intransigência habitual...

. Maconde: os restos...

. A intransigência habitual...

. SCUT's: a intransigência ...

. Pequenas coisas, uma gran...

.Maio 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.pesquisar

 

.mais sobre mim

.assuntos

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds