PARTICIPA! ENVIA AS TUAS DENÚNCIAS PARA porto@pctpmrpp.org
Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2008

As declarações de intenções

Sucessivas afirmações e negações sobre intenções de fecho total da produção, quando partem das administrações, é sinal que alguma coisa se prepara de facto. A última informação, da parte da Yazaki Saltano, é que  está a decorrer «uma diminuição da produção do modelo M59 do Peugeout Partner/ Citroen Berlingo na fábrica de Gaia», mas que essa diminuição de produção não significa qualquer encerramento das duas fábricas de Ovar e muito menos do Centro Tecnológico de Gaia e, em virtude dessa diminuição de produção, a Yazaki Saltano está em permanente contacto com o ministério da economia e com a sede europeia da empresa com vista a encontrar soluções. Em resumo: para já "só" estão ameaçados de desemprego os operários da fábrica de Gaia, as confissões sobre as intenções a prazo são para negar, para não desencadear os "aborrecimentos habituais". Pois bem, nós bem sabemos o que têm dado as negociações com o ministério da economia: longas agonias. Algumas não fecham logo, mas fecham passados uns poucos de anos como, por exemplo, a Opel, outras passados apenas uns meses com muitas desculpas e todas com muita gente mandada para a miséria.

É preciso preparar a luta, se outros são ameaçados hoje, não podemos ficar parados porque amanhã seremos nós os ameaçados. A força da classe operária está na sua unidade quando estas ameaças se sucedem. Esta declaração de intenções, embora posteriormente negada, tem um objectivo: pressionar os trabalhadores num só sentido mas com dois aguilhões, o aguilhão das "dificuldades da empresa" e o aguilhão da "boa vontadade da empresa". Na realidade com o objectivo único de maximizar os lucros, procedendo a reestruturações que sempre significam despedimentos, e baixando quanto podem e pelo tempo que conseguem o preço que pagam pela força de trabalho. É para isto e para a solidariedade que os trabalhadores têm de estar preparados.

 

OUSAR LUTAR, OUSAR VENCER!

publicado por portopctp às 15:46
link do post | comentar | favorito

.ligações

.posts recentes

. Viva o 1.º de Maio!

. Aos jovens

. Soares da Costa, ousar lu...

. Mulheres: uma metade do m...

. INÉRCIA - Palavra-chave t...

. Honra aos camaradas Ribei...

. 18 de Setembro de 1970

. Prosegur - a luta de clas...

. Casino da Póvoa de Varzim...

. Agrupamento de Escolas de...

. Bairros do IHRU de Guimar...

. STCP – Eutanásia empresar...

. Valadares - épreciso ganh...

. Transportes: resistência ...

. Não ao isolamento de Vila...

. A habitual falta de vergo...

. O desejo que tudo se esqu...

. A greve geral é parte ínt...

. SINDICALIZA-TE

. Carta aberta ao president...

. Casa do Povo de Recarei (...

. A demolição da escola pri...

. A novela das portagens da...

. Contra o pagamento de por...

. Vila d'Este - autarquias ...

. A intransigência habitual...

. Maconde: os restos...

. A intransigência habitual...

. SCUT's: a intransigência ...

. Pequenas coisas, uma gran...

.Maio 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.pesquisar

 

.mais sobre mim

.assuntos

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds