PARTICIPA! ENVIA AS TUAS DENÚNCIAS PARA porto@pctpmrpp.org
Domingo, 17 de Junho de 2007

As incertezas sobre o dia do pagamento dos salário

 


Os trabalhadores da empresa Oliveira e Ferreira, situada em Riba d’Ave, Vila Nova de Famalicão, empresa do sector têxtil, estiveram em greve no dia 14 deste mês. Esta empresa tem 250 trabalhadores e apesar de ter encomendas, os trabalhadores nunca sabem em que dia do mês irão receber o seu salário, facto que ocorre já há vários anos.

Esta insegurança dos trabalhadores, provoca-lhes imensos constrangimentos, na realização de projectos nas suas vidas e na efectivação de pagamentos a determinadas entidades que têm que ser liquidados em dias definidos.

A entidade patronal , questionada pelos trabalhadores, nada declara nem justifica.

Este é um caso típico entre os empresários, que pensam que os trabalhadores se devem sujeitar a tudo e que deveriam dar graças por ainda terem trabalho. Esta situação é alimentada pelo próprio estado que prevê todo o tipo de sanções pecuniários para o não cumprimento atempado dos compromissos financeiros das empresas (juros e multas) com excepção dos compromissos perante os trabalhadores. Daí a opção fácil e lógica de atrasar o pagamento de salários.

E esta luta é também um caso típico de luta cujo conteúdo implícito ultrapassa em muito os objectivos imediatos conscientes porque o simples facto de ter ocorrido denuncia o carácter de classe do estado existente, nomeadamente uma das formas que assume a ditadura burguesa, estado esse que tem de ser derrubado para, sobre os seus escombros, ser construído um estado inteiramente novo e verdadeiramente democrático de ditadura do proletariado.


(baseado em correspondência do camarada P. Veríssimo)

publicado por portopctp às 11:35
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.ligações

.posts recentes

. Viva o 1.º de Maio!

. Aos jovens

. Soares da Costa, ousar lu...

. Mulheres: uma metade do m...

. INÉRCIA - Palavra-chave t...

. Honra aos camaradas Ribei...

. 18 de Setembro de 1970

. Prosegur - a luta de clas...

. Casino da Póvoa de Varzim...

. Agrupamento de Escolas de...

. Bairros do IHRU de Guimar...

. STCP – Eutanásia empresar...

. Valadares - épreciso ganh...

. Transportes: resistência ...

. Não ao isolamento de Vila...

. A habitual falta de vergo...

. O desejo que tudo se esqu...

. A greve geral é parte ínt...

. SINDICALIZA-TE

. Carta aberta ao president...

. Casa do Povo de Recarei (...

. A demolição da escola pri...

. A novela das portagens da...

. Contra o pagamento de por...

. Vila d'Este - autarquias ...

. A intransigência habitual...

. Maconde: os restos...

. A intransigência habitual...

. SCUT's: a intransigência ...

. Pequenas coisas, uma gran...

.Maio 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.pesquisar

 

.mais sobre mim

.assuntos

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds